JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

dezembro 04, 2016

Primeiro encontro - By Alexandre Souza



Todo esse tempo conversando com você me despertou muita vontade de fazer várias coisas com você e eu quero que você imagine bem, o que eu faria contigo, queria chegar em seu trabalho e ver você , seria a primeira vez que te veria pessoalmente, de primeira já sentiria vontade de beijar sua boca enlouquecidamente, mas sabe no seu trabalho seria complicado as pessoas iriam ver, e iriam comentar, mas eu queria algo proibido...iriamos conversar, e  eu iria te elogiar, você é linda demais desde a vez que gozamos pelo hangout não paro de imaginar como seria...como eu faria com você, eu estaria esperando você para irmos para sua casa...mas eu estaria com muito tesão , seria difícil me segurar para te beijar...te puxo entre os corredores, a proveito que a noite as pessoas estão distraídas...e entramos num dos quartos ocupados...a luz estaria apagada.. e apenas a luz iluminava o quarto....te encostaria na porta e beijaria sua boca, intensamente, eu iria enfiar minha língua indo de encontro com a sua, seria aquele beijo que desejo tanto quando vejo sua boca nas fotos que você me manda, seguraria em sua nuca, enquanto minha boca percorre seu rosto e seu pescoço...te pressiono contra porta...puxando suas pernas ao meu redor...te pego com força minha mão te segura pela cintura...e eu continuo beijando vc, eu iria sussurrar em seu ouvido que estaria louco para te comer ali e agora...minha mão agarra seu seio esquerdo por cima de sua blusa, vou apertando bem gostoso, mas eu iria querer sentir eles, o toque da pele ...iria tirar sua blusa, eu imagino você com um sutiã branco, iria tirar eles para fora...e iria chupar, sem parar...chupar gostoso, você sabe como eu iria fazer, igual ao meus contos que escrevo para você, iria chupar eles beeem gostoso...puxando o mamilo, brincando com o biquinho...enchendo minha mão com eles.. e chupando, sentindo toda textura de seu mamilo, enquanto acariciava eles, eu iria beijar novamente seu pescoço, seu rosto sua boca… sentindo ela doce de tesão...minha outra mão estaria acariciando sua bunda...iria pegar com força sentindo ela...seria aquela pegada gostosa, que vc com certeza iria gostar....eu iria tirar minha camisa...e você passaria a mão em meu ombro descendo para meu peito...beijaria meu pescoço, e acariciava meu pau, pelo volume vc iria sentir o quanto eu estava gostando daquilo, a qualquer momento alguém poderia entrar...



tiro ele para fora para você poder sentir ele melhor, eu iria desabotoar sua calça e iria te tocar bem gostoso, sentindo você cada vez mais úmida...seria aquela calcinha preta, em que eu sonhava em ver...meu dedos iriam se molhar todos abaixo sua calcinha...e viro você de frente para porta e eu atrás...beijo sua nuca enquanto você sentiria eu atrás de você com pau bem duro te encoxando, prestes a penetrar ele todo em você, mas sabe como eu gosto de provocar, ele apenas estaria encostando...bem perto...minha boca percorre sua nuca, seu ombro ,..suas costas...enfim desço até sua bunda... vc iria arrebitar para mim...e eu iriar beijar ela...e abrir bem devagar...e começaria te chupar gostoso...deixando você mais excitada...você sentiria minha língua bem úmida percorrendo sua xota e seu cuzinho...vc gemeria tentando abafar para que ninguém ouvisse, eu iria continuar...sem parar....em seguida iria passar meu pau por trás, ele estaria bem duro e você pedindo para por...eu iria penetrar em você por trás, bem devagar...fazendo você sentir ele entrando na sua buceta, bem gostoso, vc sabe como ele é, imagina ele entrando em você dessa forma forte e fundo...fazendo aquele contato da sua bunda com meu corpo iria meter forte te pressionando contra porta minha mão estaria segurando seu cabelo...e suas mãos segurando na porta...vc sabe que eu não iria resistir em dar um tapa na sua bunda...fazendo você empinar mais ainda...para sentir ele todo dentro de você...em seguida iria tirar ele e puxar você para mim...sentaria na cama próxima, e você iria se ajoelhar e me chupar gostoso , vc sentiria ele bem quente e duro, eu sei como você deve fazer bem, eu iria gemer te excitando cada vez mais, iria agarrar seus cabelos sentiria você chupando ele gostoso , da forma que você me disse um dia, pelos lados..., e batendo uma enquanto você chupa a cabecinha, meu gozo estava destinado somente a você...você subiria em mim, e meu pau encaixaria perfeitamente  em você, você iria rebolar gostoso da forma que sempre imaginei, minha mão apertaria seus seios , me deixando com mais vontade de chupar ele, você rebolaria bem rápido metendo cada vez mais gostoso...sentindo meu pau saindo e entrando...eu iria me inclinar e chuparia seus seios...novamente  explorando seus mamilos com minha língua, minha outra mão estaria de auxiliando, te pegando pela cintura e trazendo para mim, você gemeria em meu ouvido , era incrível por um momento a gente não estaria se importando se alguém entrasse naquele quarto, você gozaria tanto que sentiria suas pernas tremulas...você pressionaria seus seios contra meu rosto...gemendo , mesmo você exausta você iria querer mais...te pegaria de quatro da forma que você mais gosta...vc  na cama e eu de pé, meu pau todo delicioso para você entrando bem quente e latejando sua bucetinha, iria sentir seu gozo...rasgando você toda, iria socar bem fundo e gostoso...socaria, meteria, bombando atrás de você...te comeria gostoso...puxando seu cabelo...e metendo cada vez mais e você sentiria meu pau em você, eu iria meter, gostoso...você gemeria entre as almofadas...pedindo mais, quando eu estivesse quase para gozar, iria tirar ele...e passar no seu cuzinho molhando mais ainda...e iria por devagar fazendo você sentir cada pedaço dele, iria começar a devagar e aumentando aos poucos...com força, estaria te dominando totalmente...meteria enquanto acariciava todo seu corpo, seus seios, sua bunda...seus cabelos...seria inevitável...mas eu iria gozar muito em você...e você sentiria ele pulsando e escorrendo aquela porra quente...seria muita porra acumulada somente para você...toda escorrendo entre suas pernas e  meu pau,...iriamos ficar deitados um pouco...e dps sairíamos do quarto como se nada tivesse acontecido, em seguida iriamos para sua casa


dezembro 01, 2016

Rubem Alves


"Compreendi que a vida não é uma sonata que, para realizar sua beleza, tem de ser tocada até o fim. Dei-me conta, ao contrário, de que a vida é um album de minissonatas. Cada momento de beleza vivido e amado, por efêmero que seja, é uma experiência completa que está destinada à eternidade. Um único momento de beleza e de amor justifica a vida inteira"